Eu e o Blog

Lembro muito da primeira vez em que eu entrevistei um português. Na época eu trabalhava na área de Recursos Humanos de uma grande empresa brasileira e minha parte preferida do dia eram as entrevistas com os candidatos às vagas de trainee. Perguntamos do que o tuga gostava e ele disse: “eu gosto imenso de surf…”. A partir daí eu não escutei mais nada. Achei uma gracinha essa expressão e ela nunca mais saiu da minha cabeça. Até que algum tempo depois eu passei a escutá-la com mais frequência, do outro lado do oceano.

Em abril de 2012, eu e meu marido chegamos em Lisboa pela primeira vez juntos. Ele veio pra trabalhar temporariamente no escritório da empresa em que ele já trabalhava no Rio, e eu vim acompanhá-lo. Mas na verdade, não sei quem trouxe quem, já que há tempos eu sonhava com a possibilidade de morarmos um tempo na Europa. A paixão por Portugal foi instantânea e a vontade de compartilhar sobre tudo que eu via, ouvia, cheirava e comia por aqui era tão grande, que eu resolvi escrever um diário virtual durante 60 dias, tempo que durou nossa segunda temporada aqui. As lembranças estavam guardadinhas no blog e nos nossos corações. Mas tava difícil de desapegar. A gente sempre se pagava pensando como seria bom podermos continuar a descobrir esse país que é tão igual e tão diferente do Brasil onde crescemos. E aí, em julho de 2013, partimos pra nossa terceira temporada por aqui, que já dura 2 anos.

Continuo escrevendo sobre minhas descobertas em Portugal e em outros lugares que conhecemos a partir daqui. E espero te ajudar a descobrir caminhos, lugares, pessoas, comidas e outras coisas especiais através desses textos.