Dia 33 - Memórias de um 16.06 e alegria em forma de chocolate!

Em junho a Mari casou. E eu tava lá. Ainda bem! Ontem, vendo as fotos do dia maravilhoso que foi o dia em que a Mari e o Felipe nos proporcionaram momentos lindos pra falar pra gente que andariam juntos pra sempre, eu fico mais feliz e agradecida ainda de ter estado lá. Fiquei horas rolando a barrinha, vendo e revendo, e toda vez que eu passava pela foto do Felipe lendo os votos dele e chorando, caía uma lágrima.

À noite, convenci o Leandro (tá, foi zero difícil) a me acompanhar até a Häagen Dazs (Rua Paiva de Andrade, 8, Chiado) para comermos waffle. Minha TPM, que tem mandado em mim nos últimos dias, estava com desejo. Pedimos um com calda de chocolate, sorvete de chocolate e framboesa. Leandro me agradeceu por ter levado ele lá ontem. Meu marido é muito engraçado. Quando ele gosta de uma coisa, ele come com uma alegria, que você fica satisfeito só de olhar pra ele. E sempre que o levo pra comer alguma coisa muito gostosa, em algum lugar que ele nunca foi, ele super agradece.

Na volta, os gordinhos resolveram andar até a Praça dos Restauradores pra pegar o metrô lá. Essa praça é super importante porque o obelisco da foto comemora a libertação do país, em 1640, quando do fim da Guerra da Restauração, depois de 60 anos de domínio espanhol. No fim da praça inicia-se a Avenida da Liberdade, que por sua vez finda no Marquês de Pombal, nosso vizinho.